• Marina Morais

Tomate: tudo o que você precisa saber | Nutrição, Conservação, Receitas



Tomates são frutos da família das solenáceas (junto com as batatas, pimentas e pimentões) que aparecem em diversas culinárias do mundo! Desde curries na Índia, massas na Itália até saladas na Grécia! Mas na verdade o tomate tem sua origem na América do Sul e Central! Sim, consegue imaginar a culinária italiana sem tomate? Pois antes do século 16, não havia tomates na Europa!


O tomate era cultivado por astecas e é muito usado na culinária da América do Sul e Central. Aqui no Brasil, é fácil cultivar tomates: eles gostam do clima quente e de bastante sol!


Apesar de ser tecnicamente uma fruta, tratamos como uma hortaliça nos aspectos nutricionais e gastronômicos.


Tomates são maravilhosas fontes de nutrientes desde a Vitamina C até o famoso licopeno. No post a seguir, vou contar para vocês mais sobre as características nutricionais do tomate bem como seus usos culinários, dicas de armazenamento e adaptações para servir esse vegetal desde bebês até adultos!



Composição Nutricional


Em 100g de tomate, temos:

  • 18 kcal de Energia;

  • 0,88g de Proteínas;

  • 0,20g de Lipídios;

  • 3,92g de Carboidratos;

  • 1,2g de Fibra Alimentar;

  • 10mg de Cálcio;

  • 0,27mg de Ferro;

  • 12,70mg de Vitamina C;

  • 41,63mcg de Vitamina A (RAE).


Tomates são cheios de água e tem uma ótima quantidade de fibras. Juntando isso com suas baixas kcals, eles são excelentes alimentos para dar saciedade para quem busca um déficit calórico na dieta. Em outras palavras, se você está buscando o emagrecimento, uma boa salada de tomates ou pratos com tomates assados e cozidos podem ser uma ótima adição ao seu dia a dia.


A Vitamina C é um destaque do tomate: esse nutriente é importante para a saúde do nosso sistema imunológico e também age como antioxidante. O tomate também é fonte de Vitamina K (que atua na saúde do sangue e ossos) e Folato (que é particularmente importante para mulheres grávidas).



Compostos Bioativos

O conteúdo de compostos bioativos do tomate varia bastante de uma variedade para outra, mas os principais são:

  • Licopeno: o pigmento vermelho do tomate, que é antioxidante e pode evitar alguns tipos de cânceres (como o de próstata e de pulmão).

  • Beta-caroteno: pigmento laranja ou amarelo que é convertido em Vitamina A no nosso corpo.

  • Naringenina: flavonóide presente na casca do tomate que pode ajudar a diminuir inflamação.

  • Ácido Clorogênico: um composto antioxidante que pode ajudar no controle da pressão alta.


Tomate Fresco X Tomate Cozido


Quando cozinhamos o tomate, concentramos alguns nutrientes e perdemos outros. Em 100g de Molho de Tomate temos 24 kcal de Energia (é um dos molhos menos calóricos da cozinha), quase a mesma quantidade de fibras que o tomate fresco (1,5g), um pouco mais de cálcio (13mg) e bem mais ferro (1,02mg). Na cocção do molho de tomate, no entanto, perdemos grande parte da Vitamina C e pró-Vitamina A (RAE).


Ao cozinhar tomates, concentramos também o licopeno do fruto. Por isso, molho de tomate, ketchup, tomate em lata e passata de tomate tem mais licopeno que o tomate fresco. Enquanto o 100g de tomate fresco tem 1 a 8mg de licopeno, a mesma quantidade de molho de tomate tem cerca de 10 a 14mg de licopeno.


O tomate seco costuma ser mais calórico, mas concentra bem alguns nutrientes bacanas como cálcio, ferro e proteína! Por isso, gosto de recomendar o uso desse tomate, especialmente para vegetarianos. 100g de tomate seco possuem:

  • 213 kcal de Energia;

  • 5g de Proteínas;

  • 14g de Lipídios;

  • 23g de Carboidratos;

  • 5,8g de Fibra Alimentar;

  • 47mg de Cálcio;

  • 2,68mg de Ferro.




Como escolher Tomate?


No mercado ou na feira, escolha tomates verdes ou maduros. Os verdes serão deixados à temperatura ambiente na sua casa até estarem maduros para utilizar.


A cor não é o único indicador de maturação no tomate: é importante prestar atenção na firmeza dos tomates. Queremos tomates firmes, livres de machucados e rachaduras. Além disso, é importante que os tomates tenham um bom aroma: fresco e não passado!


Como higienizar e armazenar Tomate?


Deixe o tomate de molho em uma solução de água com água sanitária ou água e hipoclorito. Siga as instruções de diluição indicadas no rótulo da Água Sanitária ou Hipoclorito (os rótulos também indicarão se aqueles produtos são adequados para higienização de alimentos). Depois do remolho adequado, enxágüe com água corrente em abundância, lavando bem cada tomate.


Seque os tomates com um pano de prato limpo e armazene em temperatura ambiente. Os tomates mudarão de sabor e textura se ficarem na geladeira! Escolha um lugar fresco e arejado na cozinha e deixe os tomates lá. Os tomates podem durar semanas ou dias, vai depender do nível de maturação em que você comprar seus tomates.


Só coloque os tomates na geladeira se eles estiverem maduros demais e forem perder antes de você conseguir usá-los.


Posso congelar tomates? Sim e não... Os tomates crus não ficam legais congelados porque ao descongelar se transformam em uma papa estranha e aguada. Mas você pode congelar molhos de tomate muito bem! Se tiver tomates sobrando, prepare o molho do jeito que quiser e congele por até 3 meses. Temos várias sugestões de receitas aqui no site!

Ideias de Receitas com Tomate


Tomates são hortaliças que eu compro TODA semana: eu amo! Uso cru, cozido, assado, refogado, puro, em sopa, em salada, em preparações... Lá vão algumas ideias com tomate:

  • Tomates crus com um pouco de azeite, sal, pimenta do reino e folhas de manjericão frescas já são incríveis! Se quiser, adicione raspas de limão ou algumas gotinhas do suco. Fica muito bom também!

  • Vinagrete de tomate é um clássico no Brasil! A combinação de pimentão, tomate, cebola, limão e cheiro verde já basta (pode usar vinagre também). Mas se quiser, você pode incrementar com morangos, pepinos, abobrinha (crua mesmo picadinha), chuchu (também cru picadinho), cebola roxa, repolho roxo ralado, banana da terra ou alho-poró. Todos esses elementos vão combinar com o tomate no vinagrete!

  • Molho de tomate é um preparo curinga! Pode usar no em massas, em cima da panqueca recheada, no strogonoff, para fazer sopa de tomate, em carnes variadas, molho bolonhesa, parmegiana, pizza, almôndegas, para acompanhar vegetais assados (berinjela, abobrinha, pimentão).

  • Tomates combinam com frutos do mar, peixe, frango, alho, orégano, manjericão, alcaparras, muçarela fresca, vinagre balsâmico, azeitonas, pepinos, abobrinha, berinjela, abacate, morangos, erva-doce, pimentão, melancia, queijo parmesão, queijo grana padano, ovos, bacon e muito mais!

Abaixo eu coloquei as minhas receitas favoritas com tomate aqui do site! Mas se você escrever "tomate" no campo de busca do site, encontra ainda mais ideias!



Tomate costuma dar alergia?


Não! A alergia ao tomate é muito rara.


Existem alguns casos de pessoas que apresentam Síndrome da Alergia Oral com alimentos da família dos solanáceos, mas é bem incomum. A Síndrome da Alergia Oral é caracterizada por episódios curtos de coceira, formigamento ou ardência da boca, esses sintomas são leves e não costumam se desenvolver em reações alérgicas mais graves.


Outra coisa que pode acontecer (que é bem mais comum do que a Síndrome de Alergia Oral, mas ainda raro) é irritação ao redor da boca ou pele por conta da acidez dos sucos do tomate. Essa irritação e vermelhidão da pele não é prejudicial e vai embora sozinha ao lavar a pele com gentileza.





Tomate para Bebês


Quando posso introduzir o Tomate?


Desde o início da Introdução Alimentar! Isso ocorre quando o bebê tem todos os Sinais de Prontidão, incluindo ter completado 6 meses de idade! Assista o vídeo para entender direitinho esses sinais: https://youtu.be/Wxypqpyu6X8.


É saudável para bebês?


Sim! O tomate é uma ótima hortaliça para incorporar na alimentação dos bebês porque é fonte de diversas vitaminas e minerais.


No almoço e no jantar do bebê sugerimos sempre 5 grupos alimentares:

  • Grãos, tubérculos e cereais;

  • Leguminosas;

  • Carnes, Frango, Ovos, Peixes, Vísceras;

  • Hortaliças Coloridas;

  • Hortaliças Verdes Escuras.


O tomate é um representante do grupo das hortaliças coloridas, por isso é muito legal para entrar no cardápio.


Como oferecer o tomate para bebês no método de papinhas?


Você pode saltear, refogar, ou cozinhar os tomates ao vapor. Depois, amasse levemente com um garfo: o tomate vai se desfazer com facilidade. Não há necessidade de retirar a pele, mas se ela te incomodar, pode tirar! A pele do tomate pode causar GAG.


À cada dia amasse menos, deixando mais pedacinhos de tomate. Para entender essa evolução de consistências, assista o vídeo: https://youtu.be/cfhdA3T2ZfM.


Tempere com limão, alho, azeite, cebola, etc. Você também pode, usar molho de tomate caseiro como uma forma de umedecer preparos com os das carnes, frangos e peixes desfiados para o bebê. O molho de tomate no macarrão também vai bem!


Como oferecer o Tomate para bebês no BLW?


Ofereça o tomate de uma forma que o bebê consiga levar à boca sozinho.


Antes que o bebê desenvolva a habilidade de pinça, corte tomates grandes em gomos e dê ao bebê. Depois que o bebê tiver a habilidade de pinça (entre 10 e 12 meses), corte em pedaços menores: o bebê pode pegar com as mãos ou até treinar a habilidade com o garfo (você começa espetando para ele e o bebê leva à boca).


ATENÇÃO: Para oferecer tomate cereja ou grape para os bebês, corte em quartos no sentido longitudinal! Esse corte é pequeno então use com bebês que já sabem fazer a pinça. Você não precisa tirar a pele dos tomates para oferecer aos bebês: ela pode causar um pouco mais de GAG, mas não vai engasgar o bebê.


Você pode oferecer o tomate cozido também:

  • Ao vapor (cozinham bem rápido, cuidado para não ficar mole demais);

  • Assados (fica muito saborosos);

  • Em preparações de molho bolonhesa, carnes, vegetais, sopas, cremes, etc;

  • No molho de tomate com massas.

Quando o bebê vai poder comer o tomate cereja/grape inteiro? Isso vai depender do bebê! Treine o seu bebê para morder o tomate e pegar pedacinhos, mastigando bem a partir dos 18-24 meses. Quando ele pegar bem essa ideia, ofereça os tomatinhos inteiros. Sempre com supervisão.



78 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo