• Marina Morais

Como montar o pratinho do bebê? | Prato Completo de Almoço

Atualizado: Out 13



No almoço e no jantar do bebê, recomendamos que sejam oferecidos alimentos diversos: um de cada grupo alimentar. Assim, a refeição será completa e fornecerá nutrientes essenciais para a saúde do bebê incluindo carboidratos, gorduras, proteínas, fibras, ferro e outros minerais e uma gama de vitaminas!


A sugestão dos Grupos Alimentares do pratinho completo não se distancia do prato tradicional brasileiro e isso é de propósito! A ideia é que o cardápio seja o mesmo da família com pequenas adaptações para o bebê.


Mesma comida, com adaptações simples!


No começo da Introdução Alimentar, por exemplo não oferecemos sal ao bebê e por isso costumamos recomendar que se retire a porção do bebê antes de temperar a comida da família. Assim, dá pra fazer só uma panela de arroz e uma panela de feijão, por exemplo! É só retirar o feijão ou o arroz do bebê antes de salgar o restante da comida para a família.


Adaptamos também a textura e o formato dos preparos que vão para o pratinho do bebê, mas sem ter que fazer uma comida diferente para o bebê. Um exemplo: se a família está comendo brócolis ao vapor, o do bebê pode ser exatamente o mesmo brócolis (mas cozido por um pouco mais de tempo). Se o prato principal da refeição é frango grelhado, essa pode ser a proteína do bebê também! Só será necessário não salgar o bifinho de frango do bebê e desfiar bem pequenininho antes de servir a ele.


Lembrando que as adaptações de textura e formato vão evoluindo conforme o bebê for crescendo! Não ficamos nos palitos de vegetais bem cozidos do BLW ou nas papinhas bem amassadas para sempre! É ESSENCIAL desenvolver consistências, texturas e formatos. Saiba mais assistindo ao vídeo a seguir:


Os 5 Grupos Alimentares


Na hora de montar o cardápio de Almoço e Jantar da família, inclua pelo menos um componente de cada grupo. Assim, você terá uma refeição completa e nutritiva para todos, inclusive para seu bebê!




Grupo 1: Grãos, Tubérculos e Cereais


Este é o grupo dos carboidratos, responsáveis por fornecer energia! Mas não é só isso que os alimentos desse tipo fornecem: eles também tem fibras, minerais e vitaminas (especialmente quando escolhemos versões mais naturais e menos processadas).

  • Arroz Branco ou Integral

  • Batata Doce

  • Batata Inglesa

  • Mandioca

  • Mandioquinha, Batata Salsa ou Batata Baroa

  • Milho

  • Polenta de Milho ou Angu de Milho

  • Macarrão (feito apenas com sêmola de trigo e água)

  • Quinoa

  • Cará

  • Inhame


Grupo 2: Leguminosas


As leguminosas são fonte de carboidrato e de proteína, além de também terem fibras, vitaminas e minerais!

  • Feijão (Branco, Preto, Carioca, Roxinho, Fradinho, etc)

  • Ervilha (escolha fresca ou congelada)

  • Grão de Bico

  • Lentilha



Grupos 3: Carnes, Vísceras e Ovos


Esse grupo é muito importante para fornecer proteínas para o bebê (que eles precisam para crescer bem). Além disso, as vísceras e carnes são excelentes fontes de ferro.

  • Carne Bovina

  • Peixes e Frutos do Mar

  • Frango

  • Carne Suína

  • Carne Ovina

  • Ovos de Galinha, Pata ou Codorna

Todos os cortes são permitidos, mas é preciso adaptar a textura para que as carnes fiquem bem macias e desfiando por isso o que mais indico são:

  • Músculo, coxão mole, coxão duro, paleta, acém e outras carnes de panela suínas ou ovinas (cozidas até ficarem desfiando);

  • Filé mignon, alcatra, maminha ou outros cortes que grelhados ficam bem macios e desfiando;

  • Todos os cortes do frango podem ser cozidos até estarem desmanchando;

  • Filé de peixe é indicado por não ter espinhos como as postas e são bem macios e fáceis de mastigar;

  • Ovos são oferecidos cozidos, mexidos ou em omelete (os bebês adoram comer tiras de omelete).



Grupo 4: Hortaliças Coloridas


Indico que você escolha pelo menos 2 representantes desse grupo para o pratinho! Os vegetais coloridos são deliciosos e cheios de vitaminas e minerais (além de fibras). É muito importante apresentar a variedade desse grupo para os bebês! Assim ajudamos a criar ótimos hábitos alimentares desde a infância e treinar o paladar dos pequenos para apreciar as hortaliças!

  • Tomate

  • Cenoura

  • Abóbora

  • Abobrinha

  • Beterraba

  • Chuchu

  • Quiabo

  • Berinjela

  • Vagem

  • Quiabo

  • Maxixe

  • Jiló

  • Repolho Roxo

  • Couve-Flor

  • Pimentão

  • Erva-Doce

  • Pepino

  • Aspargos

  • Cogumelos

  • Rabanete

  • Aipo

  • Alho-Poró


Grupo 5: Hortaliças Folhosas Verdes


Os vegetais folhosos verdes tem uma densidade de nutrientes muito preciosa e por isso a gente vai garantir que eles estejam presentes no pratinho! No começo é mais difícil de oferecer esses vegetais na textura correta. Mas conforme o bebê vai crescendo (especialmente depois dos molares terem nascido) ele vai ter a habilidade de moer bem essas folhas.


Comece oferecendo as folhas bem picadinhas e cozidas ou misturadas em preparações. Os bebê gostam muito de omelete com folhas verdes, carne de panela com folhas verdes picadinhas ou muffins de ovos com vegetais assados. O vegetal verde escuro folhoso mais fácil de oferecer é o brócolis que pode ser servido bem cozido em floretes mesmo.

  • Espinafre;

  • Bertalha;

  • Serralha;

  • Couve;

  • Brócolis;

  • Alface;

  • Almeirão;

  • Rúcula;

  • Agrião;

  • Acelga;

  • Chicória;

  • Ora pro Nóbis;

  • Folhas de brócolis, de beterraba, etc.

Agora ficou fácil! Use a colinha que eu deixei aqui e faça seus cardápios completos! É só escolher pelo menos um de cada grupo (e dois do grupo das hortaliças coloridas) e montar as suas combinações!

Baixe a colinha "Pratinho do Bebê" clicando abaixo! É legal até para imprimir e deixar na porta da geladeira!

Pratinho do Bebê
.pdf
Download PDF • 192KB

E se o bebê for vegetariano?


Se a família escolher não oferecer carnes e vísceras para o bebê, é necessário consultar um nutricionista para que adequações nutricionais sejam feitas! Mas é claro que é possível ter um bebê muito saudável e com excelentes hábitos alimentares.


O pratinho completo incluirá todos os grupos (com exceção do de carnes, vísceras, peixes e ovos)! Se o bebê consome leite e derivados ou ovos, fica mais fácil ter todos os nutrientes na alimentação. Se o bebê é vegano, a necessidade de um plano alimentar específico feito por um nutricionista é ainda maior!


Na alimentação do bebê precisaremos incluir sempre:

  • Fontes de ferro vegetal como leguminosas e vegetais verdes escuros.

  • Fontes de ômegas 3 e 6 como chia, linhaça, nozes, amêndoas, sementes de girassol e algas.

  • Fontes de vitamina B12: ovos, leite e derivados ou suplementos adequados.

  • Fontes de vitamina A: leite, ovos, vegetais verdes escuros, vegetais e frutas amarelas e alaranjadas.

  • Fontes de proteína: ovos, leguminosas, tofu, tempeh, grãos, aveia, sementes, oleaginosas.




Espero que essas informações te ajudem com a Introdução Alimentar do seu bebê! Abraços, Marina

263 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo