• Marina Morais

Sopa de Mãe (vegetais e carne) | Receita




Essa sopa tem muita memória afetiva para mim: era o tipo de jantar que minha mãe fazia para nós quando chegávamos da escola à noitinha. Mesmo que o dia fosse cheio para ela (minha mãe sempre me inspirou como uma mulher de carreira e mesmo assim era extremamente cuidadosa com a família), mamãe sempre arrumava um jeito de servir comidinha saudável para nós. Macarrão com carne moída e molho caseiro, omelete e sopinhas como essa são as que ficaram na minha memória.


 

Sopa de Mãe (vegetais e carne)

Rendimento: 6 porções Nível de Dificuldade: Fácil.

Tempo de Preparo: 50 min.

Armazenamento: na geladeira por até 5 dias ou no congelador por até 30 dias.

Ingredientes

  • 1/2 cebola cortada em cubos

  • 3 dentes de alho picadinhos

  • 500g de carne de panela em cubos (acém, paleta, coxão mole, músculo, etc)

  • Sal e pimenta do reino a gosto

  • 1 colher de sopa de azeite

  • 1 folha de louro

  • 2-3 xícaras de água ou caldo de vegetais caseiro

  • 1 lata de tomates pelados

  • 3-4 xícaras de vegetais picados (batata, chuchu, abóbora, abobrinha, pimentão, cenoura, etc)

  • 1 xícara de repolho picado

  • Cheiro-verde picado a gosto


Modo de Preparo

  1. Tempere a carne com sal e pimenta do reino.

  2. Coloque o azeite em uma panela de pressão e aqueça. Adicione a carne e grelhe até que todos os pedaços estejam dourados.

  3. Acrescente a cebola e o alho e refogue. Acrescente 1 1/2 xícara de água, o louro e os tomates pelados.

  4. Feche a panela de pressão e leve ao fogo alto. Quando a panela começar a chiar, abaixe o fogo e deixe cozinhar na pressão por cerca de 30 minutos.

  5. Retire a pressão da panela e destampe. Com as costas de uma colher, amasse os tomates pelados e a carne levemente.

  6. Adicione todos os vegetais (exceto o repolho) a panela e deixe cozinhar em fogo médio (sem pressão) por cerca de 15 minutos ou até que os vegetais estejam macios.

  7. Acrescente o repolho e cozinhe por mais 3-5 minutos.

  8. Experimente a sopa e ajuste os temperos com sal e pimenta do reino.

  9. Finalize com um pouco de cheiro-verde fresco picadinho.



 

O que usamos na cozinha?


Utilizando nossos links, você apoia o canal com comissão da venda!


 

Adaptando a Receita para Bebês!


Idade Sugerida: +6 meses.


- Evitamos dar sopas e cremes na Introdução Alimentar porque elas não ensinam a mastigar, movimentar o alimento, pegar e levar à boca, etc. Elas também costumam ser mais ralas e menos densas em nutrientes. Para bebês, é muito melhor oferecer os vegetais e carne bem cozidos por exemplo do que batidos em uma sopa rala misturada com caldo que diluirá esses nutrientes. Além disso, os pedaços de alimentos ou a papinha adequada oferece muito mais oportunidade de aprendizado motor e sensorial.


- Dito isso, a sopa não é absolutamente proibida! Se ela faz parte da alimentação e cardápio normal da família pode ser oferecida na refeição justamente para incluir o bebê naquele hábito familiar. Se esse for o caso, indico que a sopa seja feita bem grossa/cremosa para o bebê para que ele possa treinar com mais facilidade levar a colher com a sopa grossa à boca ou que uma sopa com mais pedaços e menos caldo.


- Além disso, omita o sal e adapte a quantidade de pimenta. Bebês podem comer pequenas quantidades de pimenta e isso ajuda a se acostumarem com os hábitos da casa.


Observação sobre a Janela Imunológica:

A Janela Imunológica é o melhor momento para apresentar alimentos potencialmente alergênicos aos bebês pois isso diminui a chance de desenvolver alergias. A janela ocorre entre os 6 e os 9 meses de idade. Os alimentos potencialmente alergênicos que devemos oferecer na janela:

  • Ovos (gemas e claras)

  • Trigo

  • Peixes e Frutos do Mar

  • Derivados do Leite de Vaca (manteiga, iogurte e creme de leite fresco por exemplo)

  • Oleaginosas (castanhas, amêndoas, pistaches, macadâmias, etc) e Amendoim, oferecidas em preparações na forma de pastas ou farinhas ou trituradas.

 

Outras sopas:


 

O que te impede de ser mais saudável?


Falta de organização ou planejamento?

Baixa habilidade culinária?

Dificuldade de saber o que de fato é saudável?

Pouco tempo para cozinhar?

Suas emoções ditam o que você come?



No "Descobrindo a Cozinha Saudável", depois de meses de preparo (eu diria até anos), vou dividir com você tudo o que aprendi sobre como ultrapassar obstáculos assim! E te mostrar o meu Método Cardápio Versátil, criado justamente para ajudar nestes desafios.


Vamos usar ferramentas simples e eficientes para diminuir o desperdício de alimentos, otimizar o trabalho na cozinha, planejar as refeições e preparar delícias saudáveis para o dia a dia.




271 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo