• amandabutten6

Vagem: tudo o que você precisa saber | Nutrição, Conservação, Receitas

A Vagem é uma leguminosa nativa das Américas, parente dos feijões, da lentilha, do grão de bico e também da ervilha. É uma leguminosa charmosa e com incríveis nutrientes. Apesar de ser leguminosa, na nossa alimentação ela entra como hortaliça pois comemos a vagem e os feijões dela.


Pode ser encontrada em variedades como vagem macarrão (a mais comum), holandesa, manteiga, longa, francesa, etc. Todos os tipos de vagem possuem um alto valor nutricional.



A vagem é uma ótima fonte de fibras, vitaminas B1 e B2, antioxidantes e minerais, como magnésio e ferro. Além disso, ela tem baixa densidade calórica, ou seja: fornece poucas calorias em uma porção grande. A vagem é uma aliada no combate de radicais livres, no fortalecimento do sistema imunológico e na saúde do intestino.


A vagem é bem versátil, pode ser preparada de formas bem variadas: refogada, cozida, salteada – acompanhando pratos vegetarianos, carnes ou como ingredientes em tortas e sopas.

No post a seguir, vou contar para vocês sobre as características nutricionais da Vagem, bem como seus usos culinários, dicas de armazenamento e adaptações para servir esse vegetal desde bebês até adultos.



 

Composição Nutricional da Vagem


Em 100g de vagem cozida, podemos encontrar:

  • 35 kcal de Energia;

  • 1,89g de Proteína;

  • 0,28g de Gordura;

  • 7,88g de Carboidrato;

  • 3,2g de Fibra Alimentar;

  • 44mg de Magnésio;


As fibras da vagem são boas para alimentar as bactérias saudáveis do intestino, reduzindo a inflamação e promovendo a saúde digestiva.


Apresenta uma gama de minerais: Manganês, Cálcio, Ferro, Potássio, Zinco... A vagem é um vegetal bem diverso e completo em minerais e também em vitaminas. Damos destaque a presença de antioxidantes como pró-vitamina A, vitaminas C e E e alguns minerais, principalmente o Manganês.


Os antioxidantes são importantes para combater os efeitos nocivos de substâncias as quais estamos expostos diariamente (poluição, radiação solar...), isso tudo porque atuam reparando danos celulares e neutralizando radicais livres. A presença de antioxidantes na dieta e no organismo está associada a redução do risco de problemas ligados ao envelhecimento, como o desenvolvimento de tumores.



 

Como escolher a Vagem?


A vagem é encontrada na seção de hortifruti do mercado ou em feiras. Descarte as opções com pontos escuros, manchas ou murchas.

Compre as vagens inteiras, frescas, tenras e suculentas.

Escolha as vagens com cor brilhante e uniforme, com aspecto fresco e sem manchas.


As sementes devem estar bem pequenas. Quando a vagem apresenta protuberâncias devido à presença das sementes bem formadas, o produto está passado do ponto.


 

Como higienizar e armazenar?


Higienize ( Como higienizar frutas e hortaliças) e seque muito bem. Mantenha-as em saco plástico bem fechado ou em um pote com tampa. Na geladeira, armazene por no máximo 7 a 10 dias.


Se quiser congelar: lave bem as vagens, corte as pontas e retire os fios nas laterais. Lave novamente, deixe-as inteiras ou corte-as em pedaços grandes. Então, faça o branqueamento e seque bem antes de congelar em potes ou sacos bem fechados.

Para branquear, cozinhe em água fervente por 2 minutos, escorra e coloque em água com gelo imediatamente. Dura no congelador por até 6 meses. Para descongelar: deixe cozinhar por alguns segundos em água fervente com sal ou utilize o produto congelado diretamente em sopas, cozidos ou tortas.
 

Ideias de Receitas com Vagem


A vagem é uma hortaliça fácil de adicionar a dieta, é versátil: assada, cozida, refogado... Lá vão algumas ideias:


Abaixo eu coloquei algumas receitas que usam a Vagem como ingrediente, mas se você escrever "Vagem" no campo de busca do site, encontra ainda mais ideias!


 

Vagem costuma dar alergia?


Não! A alergia a vagem é muito rara.

 

Vagem para Bebês


Quando posso introduzir a Vagem?

Desde o início da Introdução Alimentar! Isso ocorre quando o bebê tem todos os Sinais de Prontidão, incluindo ter completado 6 meses de idade! Assista o vídeo para entender direitinho esses sinais: https://youtu.be/Wxypqpyu6X8.


É saudável para bebês?

Sim! A vagem é uma hortaliça bem nutritiva! Contém uma série de vitaminas e minerais de que os bebês precisam, entre elas a vitamina K - essencial para a coagulação do sangue - pró-vitamina A e vitamina C, importantes para a saúde dos olhos, fortalecimento do sistema imunológico e absorção de ferro. Além das fibras, proteínas e minerais, cruciais para o crescimento e desenvolvimento saudáveis.



No almoço e no jantar do bebê sugerimos sempre 5 grupos alimentares:

  • Grãos, tubérculos e cereais;

  • Leguminosas;

  • Carnes, Frango, Ovos, Peixes, Vísceras;

  • Hortaliças Coloridas;

  • Hortaliças Verdes Escuras.

A Vagem é um representante do grupo de hortaliças coloridas e é um ótimo alimento para entrar no cardápio.

 

Como oferecer a vagem para bebês no método de papinhas?

Cozinhe a vagem até atingir uma consistência bem macia. Em uma tábua, bata com a faca até que vire uma papinha. Evolua a consistência e os tamanhos do corte de acordo com o desenvolvimento do bebê.


Para entender essa evolução de consistências, assista ao vídeo:


 

Como oferecer a vagem para bebês no BLW?

Para oferecer a vagem ao bebê garanta que esteja bem cozida e macia. Não é necessário retirar as sementes.


Bebês entre 6-9 meses: ofereça a vagem inteira e bem cozida (pode ser refogada, cozida em água ou ao vapor).


Bebês a partir de 9 meses: A partir do desenvolvimento da pinça (geralmente aos 9 meses), você pode cortar a vagem em pedaços menores.


Observação: Depois que o bebê já tiver conhecido bem a vagem pura, você pode, se quiser, adicionar esse vegetal ao arroz, colocar no omelete, na carne moída, etc. O tamanho da vagem vai seguir o desenvolvimento e idade do bebê.











104 visualizações0 comentário