• Marina Morais

Como preparar refeições congeladas para mais de um mês? | Parte 1: Planejando e Preparando as Bases!

Atualizado: 24 de mar.



Antes do puerpério do meu primeiro filho em 2020, preparei marmitas e pratos e recheei o meu congelador! E foi a melhor coisa que eu fiz, viu? Garantimos refeições prontas, gostosas e saudáveis para as primeiras semanas do bebê de forma econômica e muito prática!

É claro que essas refeições congeladas não foram a única coisa que comemos. Eu e meu marido também cozinhamos um pouco no dia a dia (coisas bem fáceis mesmo) e recebemos comidinha em casa da família. Isso nos ajudou a não enjoar da comida congelada e também não viver de delivery e pão com ovo!


Em fevereiro de 2022, vamos dar boas-vindas ao nosso segundo filho e é claro que meu freezer também foi preparado para este momento. Dessa vez, precisei cozinhar refeições que fossem apropriadas para mim, meu marido e meu filho de 1 ano e meio. Tenho certeza que receberei ajuda da família desta vez também, mas ter esses pratos congelados aqui em casa vai ser uma mão na roda!



No post de hoje, compartilho a primeira parte dessa série que vai ensinar várias receitas deliciosas! Antes de começar a cozinhar e congelar, é preciso planejar e fazer algumas escolhas inteligentes. Hoje o papo é sobre isso!

Começando pelo Planejamento

Dessa vez, sabia que queria cozinhar em dias mais "picados" para não ter trabalho demais em um dia só. Motivo? Estou no final da gravidez e a barriga dessa vez está mais pesada! Por isso, escolhi receitas que poderiam ser feitas em 4-5 dias diferentes.


Passo 1: A Escolha das Receitas

Os principais critérios para escolher as receitas que iria congelar foram os seguintes:

  1. Precisavam ser receitas que congelavam bem;

  2. Tinham que ser receitas que eu e minha família gostássemos muito de comer e não enjoássemos com facilidade, afinal, repetiremos os mesmos pratos algumas vezes;

  3. Priorizei receitas de prato único ou prato principal: não queria gastar espaço no freezer com arroz ou vegetais, uma vez que esses preparos podem ser feitos rapidamente para acompanhar algum prato principal;

  4. Apesar de ser um acompanhamento, também incluí feijão no meu freezer. Isso porque meu filho de 1 ano e meio adora feijão e as leguminosas sempre aparecem no pratinho dele de almoço e/ou jantar. Já tinha grão de bico, feijão fradinho e lentilha congelados, então acrescentei apenas o feijão preto que, juntamente com o carioca, é o mais comum aqui em casa. Feijão demora para ser preparado pois precisa ficar de molho e então ser cozido e depois refogado com tempero. Neste pré-preparo, decidi deixar já cozido no congelador com os refogados separados para somente finalizar o preparo.

Para encontrar preparações que se encaixam nestes critérios, usei os seguintes recursos:

  1. Meu ebook “Do Freezer à Mesa”: um livro digital com mais de 60 receitas saudáveis e congeláveis do café da manhã ao jantar. Lá tem uma parte teórica bem legal que explica quais são os melhores recipientes para congelar, como descongelar os alimentos bem, o que pode ou não ser congelado e esclarece dúvidas comuns como por exemplo se os alimentos perdem nutrientes no congelamento e como minimizar isso. Se você ficou interessado, aproveita e clica aqui para comprar! (Indico porque vale muito a pena mesmo!)

  2. O pinterest! Eu adoro essa plataforma para buscar receitas, organizá-las e montar cardápios! Se você ainda não conhece, vale a pena dar uma explorada!

  3. As receitas que eu já tinha colocado aqui no canal e site e que podem ser congeladas (inclusive algumas do primeiro vídeo)! 

Vou deixar aqui algumas ideias de Almoço e Jantar que já ensinei por aqui:


  1. Creme de Couve-Flor com Curry

  2. Sopa de Abóbora com Frango

  3. Molho Bolonhesa

  4. Caldinho de Feijão com Couve

  5. Molho de Tomate Rústico

  6. Molho de Tomate Assado

  7. Molho Pesto

  8. Molho de Tomate Fondue

  9. Caldo de Mandioca com Pernil

  10. Creme de Mandioquinha com Ervilha

  11. Caldo Verde Leve

  12. Creme de Couve-Flor Velouté

  13. Caldo/Fundo de Vegetais Caseiro

  14. Caldo de Vegetais com Frango

  15. Frango Desfiado

  16. Caldo/Fundo de Frango

  17. Tagine de Carne 

  18. Frango com Curry Ensopado

  19. Bolonhesa de Lentilha

  20. Lasanha Vegetariana (com bolonhesa de lentilha)

  21. Carne de Panela Simples e Gostosa

  22. Hambúrguer de Frango

  23. Creme de Abóbora Sem Desperdício

  24. Carne Moída Mexicana

  25. Quibe de Abóbora

  26. Bolinhos de Lentilha

  27. Lasanha de Abóbora com Frango

  28. Marinada de Frango com Limão

  29. Marinada de Shoyu e Óleo de Gergelim

  30. Marinada de Iogurte e Curry

  31. Sopa de Tomate Assado

  32. Sopa Cremosa de Lentilha e Leite de Coco


Estimulo você a escolher as receitas que mais combinam com a sua casa e o gosto de vocês. Aqui em casa, escolhi:

  1. Molho Bolonhesa 

  2. Lasanha Bolonhesa

  3. Almôndegas de Carne com Molho de Tomate

  4. Hambúrguer

  5. Kafta

  6. Carne de Panela com Espinafre

  7. Strogonoff de Filé

  8. Marinadas de Frango (Indiana, Asiática, Alecrim com Limão)

  9. Coxinhas Picantes com Molho Ranch

  10. Sopa de Couve-Flor com Bacon

  11. Ragu de Cordeiro

  12. Quibe de Peixe

  13. Curry de Frango

  14. Feijão (receita em breve)

Passo 2: Agrupando Preparos Parecidos

Depois que escolhi as receitas, chegou o momento de olhar para elas e procurar similaridades. “O que eu posso fazer de uma vez e ao mesmo tempo?” foi a pergunta que me fiz. De cara, percebi que quase todas as receitas levavam cebola, alho, cenoura, espinafre e aipo picados. Outra coisa que notei foi que molho de tomate e bolonhesa seriam bases comuns de algumas receitas! Assim minha lista de compras fica mais simples e o risco de desperdício é menor. No primeiro dia, preparei:

  1. Molho de Tomate Prático

  2. Molho Bolonhesa

  3. Tempero Caseiro

  4. Cebola Picada

  5. Alho Picado

  6. Espinafre Picado

  7. Alho Poró Picado

  8. Couve-Flor Cozida

  9. Ervas frescas picadas

  10. Mirepoix: cebola, aipo e cebola picados (já tinha pronto no freezer)


Passo 3: Definindo a Ordem das Receitas


Defini a ordem das receitas pensando também nos temas dos vídeos que elas produziriam... então não foi apenas por questões práticas, viu? Aqui, vou deixar delineado o que preparei dia após dia com um passo a passo para vocês. A ideia é mostrar o caminho mais conveniente. Hoje, falo sobre o primeiro dia.


A Execução

Dia 0:

  1. Ir ao mercado;

  2. Deixar o feijão de molho;

  3. Deixar as carnes do dia seguinte descongelando na geladeira;

Dia 1:

  1. Colocar o feijão para cozinhar na pressão (com uma nova água e uma folha de louro).

  2. Higienizar todas as ervas, vegetais e temperos frescos. Faça isso usando grandes bacias de água e diluindo corretamente água sanitária ou hipoclorito. Neste post, explico o passo a passo. O alho-poró deve ser picado antes de ser higienizado.

  3. Enxague e seque bem todas as ervas, vegetais e temperos frescos higienizados.

  4. Pique a cebola no processador. Armazene em um pote com um pouco de azeite e sal na geladeira.

  5. Pique o alho no processador. Armazene em um pote com um pouco de azeite e sal na geladeira.

  6. No mesmo processador, ainda sujinho, prepare o Tempero Caseiro. Congele em potinhos ou em cubinhos. Prefiro em cubinhos! Depois de firmes, eu transfiro para um saco.

  7. Seque as ervas e pique. Armazene em potes com camadas de papel toalha para evitar a umidade.

  8. Seque bem o alho poró e guarde em um pote forrado com papel toalha.

  9. Pique o tomate para o preparo do molho.

  10. Neste ponto, o feijão estará pronto. Deixe esfriando.

  11. Coloque a couve-flor para cozinhar ao vapor em uma das bocas do fogão.

  12. Na outra boca, comece o preparo do Molho de Tomate.

  13. Prepare o molho bolonhesa e deixe cozinhando na terceira boca do fogão.

  14. Enquanto os preparos cozinham, porcione e congele o feijão.

  15. Guarde a couve-flor cozida em um pote na geladeira.

  16. Guarde o molho de tomate em potes na geladeira.

  17. Guarde o molho bolonhesa em potes na geladeira.

  18. Limpe e organize a cozinha.


Na parte 2 deste especial (post e vídeo), mostrarei as receitas mais práticas para congelar: uma seleção que não precisa ser cozida antes do congelamento! Isso tudo na próxima quinta! Até lá! Abraços, Marina

2.378 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo